Um car­ros­sel emo­ci­o­nal

Com 55 anos, a apre­sen­ta­do­ra da SIC in­cen­di­ou as re­des so­ci­ais com fo­tos em biquí­ni, mas re­ceia que se­ja pe­la úl­ti­ma vez, em tão boa for­ma

TV Guia - - Estrelas - TEX­TO HU­GO AL­VES | FO­TOS RI­CAR­DO RUELLA E INS­TA­GRAM

Jú­lia Pi­nhei­ro in­cen­di­ou as re­des so­ci­ais quan­do es­te ano, em ple­no Ve­rão co­lo­cou fo­tos su­as em biquí­ni nas re­des so­ci­ais. Comentários não fal­ta­ram, mui­tos de­les li­son­jei­ros, mas Jú­lia diz que tu­do aqui­lo foi mui­to pen­sa­do. “Foi o Cláu­dio [Ra­mos] que me dis­se para fazer. E eu pen­sei: para o ano pos­so já não ter as cur­vas des­te ano por is­so de­ci­di que era ago­ra que ti­nha que fazer aque­las fo­tos. Por is­so, con­fes­so, já es­ta­va à es­pe­ra de um cer­to su­ru­ru em vol­ta da coi­sa”, diz bem dis­pos­ta. “Até por­que en­trei na me­no­pau­sa e a lei da gra­vi­da­de faz coi­sas im­pen­sá­veis”, con­ti­nua, re­ve­lan­do quem foi o au­tor da fo­to­gra­fia. “Foi o meu ma­ri­do [Rui Pê­go] que ti­rou a fo­to­gra­fia. Ele con­ti­nua a achar-me lin­da e o que é que eu vou fazer? Ele diz que olha para mim e vê-me com 20 anos e achou pi­a­da à mi­nha ma­lu­qui­ce e ti­rou a fo­to. De­ve ser por­que ele tem 60 e eu já 55 “, diz com um sor­ri­so ma­ro­to.

Jú­lia Pi­nhei­ro, con­tu­do, é das pou­cas mu­lhe­res que tem fa­la­do aber­ta­men­te da en­tra­da na me­no­pau­sa. As­sun­to ta­bu para a mai­or par­te das fa­mo­sas, a apre­sen­ta­do­ra de Que­ri­das Ma­nhãs acha que che­gou a al­tu­ra de des­mis­ti­fi­car es­ta fa­se da vi­da das mu­lhe­res. “Por is­so eu fa­lo. Não te­nho qual­quer pro­ble­ma. Tal­vez por­que até ago­ra não ha­ja dra­mas de mai­or”, se­gun­do re­ve­lou à TV Guia. “Não sin­to ainda na­da de mui­to di­fe­ren­te. Não te­nho aque­les ca­lo­res abra­sa­do­res, mas emo­ci­o­nal­men­te a coi­sa es­tá a dar-se: pas­so do ze­ro aos 80 em se­gun­dos. Ra­pi­da­men­te es­tou es­tu­pi­da­men­te fe­liz, ou tris­te ou zan­ga­da. Nes­te úl­ti­mo es­ta­do emo­ci­o­nal acon­se­lho quem es­ti­ver ao pé de mim a de­sa­pa­re­cer ime­di­a­ta­men­te­por­que­fi­co­mes­mo­pés­si­ma”, re­ve­la sem ver­go­nha. “Ti­ran­do is­so es­tá tu­do bem. Tal­vez um bo­ca­di­nho mais in­sa­na”, avi­sa. “Mas es­tá tu­do cal­cu­la­do, in­clu­si­ve os pro­ble­mas que a gra­vi­da­de tem nas se­nho­ras”, avi­sa sem pu­do­res.

AS FÉ­RI­AS E O NE­TO

Po­rém, as fé­ri­as fo­ram mais do que para mos­trar-se em biquí­ni nu­ma pis­ci­na. “Fui mes­mo re­car­re­gar ba­te­ri­as”, con­ta a es­tre­la da SIC. “Es­te ano ti­ve as fé­ri­as que re­al­men­te me­re­cia. Hou­ve anos que não ti­ve mas es­te ano en­tre pro­gra­mas de te­le­vi­são e re­vis­tas ti­nha que pa­rar. Foi um ano com­pli­ca­do”, con­ta.

Tem­po que mes­mo as­sim não de­di­cou to­tal­men­te ao ne­to. “É ver­da­de. Sou pre­sen­te, mas não mui­to. Por exem­plo, não te­nho tem­po para o ir bus­car à es­co­la co­mo acon­te­ce com tan­tas avós. Mas eles - o me­ni­no e a me­ni­na - têm mui­tos avós e por is­so não es­tão per­di­dos. Es­tá tu­do mui­to bem en­tre­gue”, ex­pli­ca. “Eu co­mo te­nho es­ta vi­da...”

As fé­ri­as no en­tan­to, re­ve­la a apre­sen­ta­do­ra, fi­ze­ram das su­as com o seu re­gi­me,

que man­tém há já vá­ri­os me­ses. “Não es­tou de­fi­ni­ti­va­men­te mais ma­gra. Po­de pa­re­cer mas não es­tou. E se pa­re­ço bem é por­que trabalho mes­mo mui­to. É tu­do fru­to da mi­nha agenda ma­lu­ca”, começa a ex­pli­car. “A ver­da­de é que quan­do es­tou a tra­ba­lhar fa­ço um re­gi­me es­pe­cí­fi­co: te­nho uma vi­da re­gra­da, não fa­ço dis­pa­ra­tes. Mas es­tas fé­ri­as per­di-me um bo­ca­di­nho. Co­mi mais só­li­dos e acei­tei mais lí­qui­dos que de­via, mas ago­ra vai tu­do ao lu­gar. Vol­tei às mi­nhas ro­ti­nas e não há vol­ta a dar. Es­tá tu­do mais que cal­cu­la­do.”

OR­GU­LHO­SA DO SEU ME­NI­NO

Pa­ra­a­ren­tréeJú­li­a­não­te­mé­na­da de­no­vo­pa­ra­a­pre­sen­tar­so­bre oseu­pro­gra­ma­ma­ses­tá­ra­di­an­te por ter saí­do do Que­ri­das Ma­nhãs uma ideia no­va, Li­nha Aber­ta, que vai es­tar a car­go de Her­nâ­ni Car­va­lho. “Es­tou mui­to en­tu­si­as­ma­da por­que ele já me­re­cia is­to. Ele faz te­le­vi­são há tan­tos ou mais anos que eu. E ago­ra é bom ver que ele tem fi­nal­men­te um pro­gra­ma com o seu no­me. E is­so dei­xa-me mui­to or­gu­lho­sa co­mo co­mu­ni­ca­do­ra e co­mo al­guém que o acom­pa­nhou em vá­ri­os pro­jec­tos. Eu para já es­tou ape­nas por de­trás do pro­gra­ma pois es­tou na di­rec­ção de con­teú­dos. Mas acho que com es­ta ideia te­mos fi­nal­men­te uma al­ter­na­ti­va para o ho­rá­rio das 19 ho­ras que as pes­so­as vão mes­mo gos­tar”, ex­pli­ca ga­ran­tin­do con­tu­do­que­o­cri­mi­na­lis­ta­se­man­te­ráa­pe­sar de tu­do no seu pro­gra­ma. “O Her­nâ­ni con­ti­nua co­mo co­men­ta­dor no meu pro­gra­ma. Ele não po­de fu­gir”, diz a rir.

Jú­lia Pi­nhei­ro ga­ran­te que sa­bia que ia in­cen­di­ar as re­des so­ci­ais com as su­as fo­tos em biquí­ni. Jú­lia Pi­nhei­ro diz

ter en­tra­do na me­no­pau­sa e que che­gou a al­tu­ra das mu­lhe­res fa­la­rem de­la sem

ta­bu.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.