Fe­li­ci­da­de e so­fri­men­to

TV Guia - - Estrelas - TEX­TO JOÃO BÉNARD GAR­CIA | FO­TOS IVO RAINHO PE­REI­RA

Pou­cas pes­so­as sa­bem, mas foi gra­ças a Ri­car­do Lan­dum que ho­je to­dos trau­te­a­mos uma mú­si­ca que no­vos e ve­lhos co­nhe­cem: Con­quis­ta­dor, a mú­si­ca que, em 1989, va­leu ao gru­po de pop-rock Da Vin­ci a vi­tó­ria no Fes­ti­val RTP da Can­ção e uma vi­a­gem até Lau­san­ne, na Suí­ça, de on­de saiu com um pou­co hon­ro­so 16.º lu­gar na clas­si­fi­ca­ção fi­nal.

Ri­car­do Lan­dum na mú­si­ca e o le­tris­ta Pe­dro Luís Ne­ves de­ram-nos uma das mú­si­cas mais ore­lhu­das dos fes­ti­vais na­ci­o­nais, mas o com­po­si­tor con­ti­nu­ou, até ho­je, com uma carreira de su­ces­so, ao ser o au­tor de te­mas co­nhe­ci­dos de al­guns dos prin­ci­pais can­to­res por­tu­gue­ses, co­mo Tony Carreira, Ága­ta, Mó­ni­ca Sin­tra, Ruth Mar­le­ne, Ro­ma­na, Ana, Mi­ca­e­la ou Sér­gio Ros­si, que pas­sa­ram a ven­der su­ces­sos mu­si­cais com as su­as fór­mu­las má­gi­cas.

O ra­paz re­bel­de nas­ci­do Fran­cis­co Lan­dum na Bai­xa da Ba­nhei­ra, que dei­xou a es­co­la pa­ra ser mú­si­co, que ex­pe­ri­men­tou “ha­xi­xe, LSD e mui­tas mu­lhe­res”, co­mo o pró­prio não es­con­deu nas en­tre­vis­tas da­das, deu-se a co­nhe­cer ao pú­bli­co já co­mo Ri­car­do Lan­dum com uma ban­da de he­avy me­tal, cha­ma­da Ibé­ria, e com um sin­gle bap­ti­za­do Hollywo­od. Usa­va en­tão o ca­be­lo até à an­ca, ves­tia col­lants de le­o­par­do e cal­ça­va lon­gas bo­tas de ve­lu­do até ao jo­e­lho.

Três anos após se te­rem apai­xo­na­do, o ami­go de Tony Carreira ca­sou-se com a can­to­ra Só­nia Ge­ral­des. A so­frer com uma gra­ve

doença (es­cle­ro­se múl­ti­pla) ten­ta go­zar to­dos os di­as de vi­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.