Jan­tar na cozinha

VOGUE (Portugal) - - Lifestyle -

As por­tas de vi­dro sem cor­ti­nas abrem-se pa­ra a rua. Re­ce­be-nos um bar (ex­pe­ri­men­te o La­di­es First!) e me­sas de vá­ri­os ta­ma­nhos. No pri­mei­ro an­dar, o res­tau­ran­te a meia-luz e a cozinha, dis­cre­ta co­mo de­ve ser, com du­as me­sas en­cos­ta­das a gran­des ja­ne­las, on­de a Vo­gue se sen­ta pa­ra jan­tar. Sim, leu bem. O chef Al­ber­to Oli­vei­ra fa­la de “co­mi­da de con­for­to com o ri­gor do fi­ne din­ning”, e fa­la bem, faz-nos des­fi­lar um rol de pra­tos que apre­sen­ta en­quan­to os fi­na­li­za­va, de­bru­ça­do no bal­cão, im­pa­rá­vel e mi­nu­ci­o­so. Can­de­ei­ros bai­xos so­bre os pra­tos, uma co­lu­na a pas­sar clás­si­cos su­a­ves. “Aqui, o chef não é rei au­tó­no­mo, es­ta é uma cozinha-la­bo­ra­tó­rio, es­ta­mos bem uns com os ou­tros.” Há so­fis­ti­ca­ção, mas não pre­ten­si­o­sis­mo, e há Por­tu­gal, Bra­sil, Amé­ri­ca do Sul e Ásia. “Não quis pa­rar em ne­nhum lu­gar do mun­do, quis res­pei­tar a ba­se e pen­sar além de­la.” O cou­vert é es­par­gue­te fri­to com cre­me fraî­che com um to­que de alho. Há os­tras fresquís­si­mas, uma po­len­ta fri­ta com par­me­são e er­vas, dim sums va­ri­a­dos, um ma­ra­vi­lho­so gra­tin de le­gu­mes de in­ver­no. Con­ti­nuá­mos no de­li­ci­o­so ba­ca­lhau com pu­ré de ba­ta­ta vi­te­lot­te e cre­me de co­en­tros, no ri­sot­to de aça­frão e es­par­gos ver­des, e o de ja­va­li, co­gu­me­los e quei­jo da ilha – e des­co­bri­mos vi­nhos, co­mo o Vi­nha da Ur­ze. Re­ma­tá­mos num mil fo­lhas com mel e sor­bet de pe­ra, le­ve co­mo o ar, e um in­ten­so dú­plex de cho­co­la­te com ge­la­do de amen­doim. “Gos­ta­ram?”, per­gun­ta Al­ber­to. Co­mo não? Ir­re­pre­en­sí­vel. “Es­tão no sí­tio cer­to pa­ra re­cla­mar.” Du­plex Res­tau­ran­te & Bar,

R. No­va do Car­va­lho, 58-60, Cais do Sodré, Lis­boa. O ar­tis­ta bri­tâ­ni­co vol­tou a de­bru­çar-se so­bre o seu fas­cí­nio com o mis­té­rio da Na­tu­re­za, mas des­ta vez fê-lo em cris­tal. Ve­ja a en­tre­vis­ta in­te­gral em Vo­gue.pt. Jo­sé Avil­lez cha­ma-lhe ca­ba­ret gour­met e es­tá no cen­tro dos bur­bu­ri­nhos cu­li­ná­ri­os de Lis­boa. Não po­de­mos re­ve­lar mais, só di­zer que as­sim que en­trar no Be­co, não vai que­rer sair. Be­co, R. No­va da Trin­da­de 18, Lis­boa.

Sem saí­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.