MI­TO 1: Ab­do­mi­nais ema­gre­cem

Fa­to: Os ab­do­mi­nais não re­du­zem a mas­sa gor­da em ge­ral ou lo­ca­li­za­da

Sport Life - - NUTRI TIPS -

Uma das gran­des mo­ti­va­ções pa­ra trei­nar ou co­me­çar a fre­quen­tar a aca­de­mia é re­du­zir as gor­du­ri­nhas em vol­ta da cin­tu-

ra - e aí, mui­ta gen­te per­sis­te em fa­zer três mil ab­do­mi­nais diá­ri­os pa­ra con­se­guir o tan­qui­nho dos jo­ga­do­res de fu­te­bol ou a bar­ri­ga se­qui­nha das mo­de­los de re­vis­ta. A cren­ça de que tra­ba­lhar in­ten­sa­men­te es­sa re­gião do cor­po vai quei­mar a gor­du­ra lo­cal con­ti­nua, ape­sar dos pro­fis­si­o­nais rei­te­ra­rem ser um equí­vo­co.

Aque­la pa­pa­da não de­sa­pa­re­ce fa­zen­do mi­lha­res de fle­xões do pes­co­ço, cer­to? Da mes­ma for­ma, a gor­du­ra da bar­ri­ga tam­bém não vai su­mir ao fa­zer inú­me­ros ab­do­mi­nais. Quem faz a re­al di­fe­ren­ça aqui é a di­e­ta.

O gas­to ca­ló­ri­co - e o es­for­ço - de uma ses­são de ab­do­mi­nais e de uma cor­ri­di­nha é in­sig­ni­fi­can­te se com­pa­rar­mos com a in­ges­tão ca­ló­ri­ca de qua­se qual­quer coi­si­nha que in­ge­ri­mos ao lon­go do dia. Por exem­plo, vo­cê te­ria que cor­rer 80 mi­nu­tos pa­ra com­pen­sar os 400 kcal de um che­e­se­bur­ger ou an­dar de bi­ci­cle­ta por 50 mi­nu­tos pa­ra quei­mar os 300 kcal de ape­nas uma uni­da­de de fran­go fri­to. Tan­to es­for­ço de­sa­pa­re­ceu em du­as mor­di­das! E nem en­tra­mos em de­ta­lhes so­bre o gas­to ca­ló­ri­co dos ab­do­mi­nais, que é mui­to pe­que­no pa­ra re­du­zir a por­cen­ta­gem de gor­du­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.