Jornal Cultura : 2019-08-20

Diálogo Intercultu­ral : 14 : 14

Diálogo Intercultu­ral

14 Cultura DIÁLOGO INTERCULTU­RAL | | 20 de Agosto a 2 de Setembro de 2019 T HISTORY.COM No dia 12 de agosto de 1990, a paleontólo­ga Susan Hendrickso­n descobriu o restos do maior e mais temido predador de todos os tempos. Numa das suas escavações, em Faith, Dakota do Sul, nos EUA, ela encontrou três ossos gigantes que viriam a ser do maior fóssil de Tiranossau­ro rex já descoberto. Apelidado de Sue, em homenagem à pesquisado­ra, o dinossauro de 65 milhões de anos tinha 12,8 metros do focinho até à cauda, quatro metros da cabeça aos quadris e mais de 90% do esqueleto bem preservado. O Instituto de Pesquisa Geológica Black Hills pagou US$ 5 mil para o proprietár­io da terra, Maurice Williams, pelo direito de escavar o esqueleto do dinossauro, que foi levado para a sede da empresa em Hill City e que, posteriorm­ente, seria exibido num museu sem ins lucrativos. Mas em 1992, o governo norteameri­cano alegou que o fóssil fora encontrado em terras federais, já que Williams tinha negociado a sua propriedad­e para evitar o pagamento de impostos, e teve início uma longa batalha judicial envolvendo Sue. Em Outubro de 1997, o Museu Field de História Natural de Chicago comprou Sue num leilão na Sotheby´s em Nova Iorque por US$ 8,36 milhões, inanciado em parte por empresas como Disney e McDonald´s. O esqueleto foi colocado em exposição em Maio de 2000, onde permanece até hoje PRINTED AND DISTRIBUTE­D BY PRESSREADE­R PressReade­r.com +1 604 278 4604 ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY COPYRIGHT AND PROTECTED BY APPLICABLE LAW

© PressReader. All rights reserved.