Jornal de Angola : 2020-09-25

Economia : 28 : 28

Economia

ECONOMIA 28 Sexta-feira 25 de Setembro de 2020 Banca tem 150 projectos a aguardar por aprovação Ana Paulo de um memorando de entendimen­to entre as partes. O acordo prevê a resolução dos constrangi­mentos vividos no tratamento dos títulos de concessão de terra. Assim, a direcção do INAPEM e a do IGCA buscam viabilizar a aplicação de processos e procedimen­tos ágeis, para o tratamento dos títulos de concessão de terra. Um dos aspectos discutidos no encontro foi a possibilid­ade de ser criada uma engenharia financeira, que permitiria aos promotores regulariza­rem os encargos com os processos. Quanto à reunião interminis­terial, envolvendo os ministros da Economia e Planeament­o, das Finanças e da Administra­ção Pública, Trabalho e Segurança Social, reportada na primeira semana deste mês, está a produzir já efeitos substancia­is. A título de exemplo, o INAPEM reforçou na semana passada o memorando de entendimen­to existente com a AGT para simplifica­r a emissão das Certidões de Não Devedor e o INSS também iniciou a emissão dos Certificad­os de Não Devedor ao nível de cada província. Um total de 150 projectos encontram-se na banca comercial para a devida aprovação e outros 171 por ver concretiza­dos os respectivo­s desembolso­s financeiro­s. Os projectos estão relacionad­os com os sectores do Comércio com 103, Agricultur­a com 23, Indústria com 30, Pescas com oito, Agro-indústria com quatro, Avicultura com dois e por último a Agropecuár­ia com apenas um. Segundo dados avançados na última terça-feira, em Luanda, pelo secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano João, com relação ao acesso ao crédito, encontram-se registados cerca de 4.891 pedidos, mais 98 do que na semana transacta, dos quais 2.140 reuniram os requisitos, encontrand­o-se já activos na base de dados. Destes projectos activos, 1.307 estão na fase de constituiç­ão do dossier de crédito, representa­ndo cerca de 60 por cento. Neste processo, destacam-se como principais produtos, e pelos quais mais se procura financiame­ntos na banca, o milho, feijão, mandioca, tomate e batata rena. Para o secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano João, dos pedidos de financiame­nto registados na semana transacta, 11 transitara­m para a fase de negociação. Os promotores em causa estão distribuíd­os pelas províncias do Bié, Cuanza-Sul, Huambo, Huíla e Uíge. Na perspectiv­a de melhoria do ambiente de negócios e da concorrênc­ia, o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (INAPEM) e o Instituto Geográfico e Cadastral de Angola ( IGCA) concretiza­ram um acordo de cooperação institucio­nal, com mais dinâmica e instrument­alizado através a posteriori Procura e oferta de crédito na banca está em alta

© PressReader. All rights reserved.